Carona: viaje mais seguro com algumas dicas

mulher-pedindo-carona

É melhor viajar de maneira econômica do que não viajar de forma alguma. Esse é o lema de vida de algumas pessoas que amam viajar, mas os recursos financeiros não permitem vôos em classes executivas e tampouco hospedagem em resorts 5 estrelas. Para esse perfil econômico de viajante, o importante é cair no mundo, e se pedir carona é um dos fatores que ajudam a baratear o sonho, fazem uso da modalidade. Mas não sem receio algum, infelizmente.

“O medo às vezes chega a ser maior do que a vontade”, relata Carolina Tavares, estudante de psicologia, que há alguns meses viajou com uma amiga por algumas praias do Espírito Santo e Bahia, usando a carona para deslocamento em algumas ocasiões. “Estarmos em dupla talvez tenha ajudado. O feeling também era importante na hora de aceitar ou não a travessia”, conta Carol, que disse ainda ter recusado uma oferta de carona quando sua amiga confidenciou que não estava com uma sensação muito boa a respeito do motorista.

Se a carona não é uma modalidade totalmente segura, para as mulheres o dilema torna-se ainda maior. Em um grupo de viajantes de uma rede social, algumas viajantes expuseram seus medos e explicaram em seus comentários que o receio não resume-se apenas à carona. “Nunca ficaremos em paz, sem sentir medo de pedir carona, de estar andando sozinha na rua e ter um homem atrás de nós…”, comentou uma das participantes do grupo.

dicas-carona

Do ponto de vista do motorista, dar carona também pode ser um risco, embora a posição dele seja mais vantajosa em relação a quem está pedindo. Alguns motoristas já confessaram preferir mulheres por elas, aparentemente, serem um risco menor de anunciarem um assalto. Pessoas que carregam plaquinhas, na opinião deles, também são mais confiáveis por estarem mostrando um destino definido.

Alguns aplicativos de carona podem ser uma opção interessante para quem já tem o destino definido. A vantagem desses programas é que os dados do condutor e do carona estão inseridos no sistema, tornando a segurança maior. Conheça alguns deles:

A verdade é que 100% tranquilo o viajante nunca estará nessa modalidade de viagem. As dicas são algumas maneiras de evitar, ou pelo menos minimizar, quaisquer riscos que uma carona possa oferecer. O bom senso e a intuição devem estar acima de tudo na hora de entrar num veículo. “A gente na hora fica super empolgado para embarcar na aventura, mas é preciso parar e ponderar”, lembra Carolina Tavares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *